Diário da Vivi

Técnicas para escrever ficção

Share Button
Autor: Julio Rocha (Editora: Usina de Letras)

Autor: Julio Rocha (Editora: Usina de Letras)

“Publique! Não adianta escrever e não ser publicado. Seu livro precisa sair da gaveta e ir para o mercado. Não adie isso.” (ROCHA, Julio. Técnicas para escrever ficção, P. 14)

Eu diria que apesar da dificuldade, esse é o meu objetivo número 1: publicar. E sei que vou chegar lá. Talvez não seja amanhã, mas esse dia vai chegar.

Não há dúvidas de que terei que correr atrás. Muitos escritores excelentes buscando espaço nas editoras e ganhando o mercado da literatura. Isso não entra nem em discussão. É simples. Publicar livros é um objetivo desde criança. Portanto, é só uma questão de tempo até isso acontecer. 😉

O crucial, na verdade, é alcançar esse objetivo da melhor forma possível. Não larguei tudo que eu tinha (um emprego com carteira assinada, plano de saúde e salário bom) por qualquer motivo. Eu preciso de foco. Foco para escrever, para estruturar, para pensar, ter ideias e meditar. Sim, eu medito. 😛 Faz bem, só digo isso.

Quando a gente toma decisões não significa que vamos ser turrões a ponto de desistir de todo o resto e de esquecer que a vida de oportunidades continua existindo. É claro que não fechei as minhas portas. Já recebi duas propostas de trabalho desde a última vez que falei sobre isso e tive que dizer não. Embora eu tenha resolvido trabalhar de casa, não foi por esse motivo que não aceitei os trabalhos. Meu foco agora é publicar livros. Escrevê-los em primeiro lugar, obviamente. E o mais importante: aprimorar a minha escrita. Se para isso eu tiver que voltar a trabalhar em editoras ou em qualquer outro lugar que enriqueça esse meu lado profissional, aceitarei com o maior prazer.

A questão agora é fazer o melhor que posso com o que decidi fazer.

A parada é a seguinte: ganhei um presente superlegal de aniversário, dessa vez do meu amigo e autor brasileiro Luis Eduardo Matta (@lematta). O título do livro é o título do post. Estou adorando cada página! É a pedida perfeita para os escritores que pretendem começar ou aprimorar sua escrita na ficção. O autor não cansa de dar resultados durante o livro todo.

E termino o post com a sabedoria de Julio Rocha (e alguns comentários esdrúxulos meus):

“É muito bom quando nos sentamos em frente ao teclado e começamos a escrever imediatamente. As ideias parecem surgir como mágica em nossa mente e conseguimos progredir bastante em um curto espaço de tempo. Pena que isso não aconteça todos os dias, pelo menos para a maioria de nós. E quando a inspiração não aparece, o que fazer?” (ROCHA, Julio. Técnicas para escrever ficção, P. 17)

1. Jogue por alguns minutos. Antes de começar a escrever, precisamos nos desligar do mundo exterior.
______

OBA! Vou jogar Chrono Cross todos os dias antes de escrever. 😛

2. Escreva sobre outras coisas. No lugar de trabalhar logo de cara em seu projeto principal, escreva sobre outro assunto qualquer. Descreva o cômodo onde vc tá ou escreva um conto sobre o que aconteceu na noite anterior.
______

Hum, a ideia do conto pode ser legal. Diário eu já escrevo normalmente, mas acho que romancear uma cena qualquer que tenha acontecido ou juntar os fatos e transformá-los num conto fantástico pode ser um bom exercício.

3. Escreva um e-mail ou uma carta.
______

Lembro quando escrevia cartas para mim mesma. Era quase como falar com a Vivi do futuro. Era divertido. Acho que vou voltar a fazer isso.

4. Escute música clássica. Ajuda a relaxar e traz inspiração. É claro que se você achar que Rock & Roll é mais adequado, fique à vontade.
______

Posso ser bem sincera? Eu sou roqueira, adoro metal, mas para escrever prefiro música celta e trilha sonora de filme. Não tem coisa melhor. =)

5. Procure por artigos ou notícias relacionados ao tema que está escrevendo. Por exemplo, se escreve sobre assalto a banco, procure matérias nos jornais sobre esse tipo de assunto.
______

Costumo guardar os links para ler depois de escrever a cena, senão comprometo o ritmo.

6. Leia um livro ou assista a um filme na mesma linha da sua trama.
______

Yay! Faço isso direto.

7. Pense em um assunto qualquer e comece a escrever sobre o mesmo. Escreva sem se preocupar com a gramática, pontuação ou utilização das palavras adequadas.
______

O Projeto Viva a espontaneidade está aí pra isso… <3

8. Vá dar uma volta na rua. Observe as pessoas e o que elas estão fazendo. Escute algumas conversas.
______

ADORO!

6 thoughts on “Técnicas para escrever ficção

  1. Oi Vivi! Tô tentando comprar esse livro mas tá difícil encontrar… Acho q só no site do autor :/ E por falar nisso, vi q ele ministra cursos a distânica e q vai rolar um workshop aqui no Rio em junho… Guardando dinheirinho desde já 😛
    Bjs! Continue firme e forte!

  2. Pingback: A grande decisão « Diário de uma escritora chamada Vivi

  3. Pingback: Criando os personagens « Diário de uma escritora chamada Vivi

  4. Pingback: A gente aprende e nem sente « Diário de uma escritora chamada Vivi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

  • Facebook
  • Google+
  • LinkedIn
  • Twitter
  • Tumblr
  • YouTube
  • Pinterest