Diário da Vivi

Fantasmas do frio

Share Button

“Fantasmas do frio chamam,
e através de névoas,
o som de asas invade,
o mais distante ser deixa de existir,
e em seu lugar a líder das aves faz ecoar,
o grito de liberdade
para acompanhar seu nome.
Vem comigo para o sonho noturno
Vamos ser o que podemos ser
Nada está perdido
Nada nos será negado
Junte-se a mim

O homem que decide ser livre,
Recebe o prêmio da vida,
Existente em nenhum outro lugar do mundo.
Agora as estrelas nos chamam,
Nenhuma terra há de negar sua presença,
A tempestade te fez forte,
E o pesadelo se foi para sempre.”

– uma bobagem que escrevi há uns 6 anos…

Au revoir!

2 thoughts on “Fantasmas do frio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

  • Facebook
  • Google+
  • LinkedIn
  • Twitter
  • Tumblr
  • YouTube
  • Pinterest