Criando os personagens

Share Button

Neste livro que divulguei aqui “Técnicas para escrever Ficção”, o autor fala quando cita tudo o que um personagem deve ter ou ser:

“Seus personagens precisam de um passado. Nossa personalidade é construída sobre uma série de acontecimentos em nossas vidas. Somos hoje resultado do lugar onde moramos, pessoas que passaram por nossas vidas, colégio que estudamos e por aí vai…”

“As reações e decisões de um personagem devem estar em linha com seu perfil.”

“Quando estiver escrevendo, entre na pele do personagem. Veja com os seus olhos, sinta o que ele estiver sentindo.”

Por mais óbvio que tudo isso seja, demorou para cair a ficha, viu? Amo escrever personagens, mas nunca paro para fazer só isso. E é necessário! Maldita ansiedade de sair escrevendo logo a história.

Mas consegui! Peguei um exemplo de ‘construção de personagem’ do Scrivener e AMEI! A vida é mais simples e objetiva agora! Muito mais do que com as fichas de D&D. Garanto!

Saca só o exemplo super hiper revolucionário (risos):

NOME DO PERSONAGEM

Papel na história:

Ocupação:

Descrição física:

Hábitos e costumes:

——————————————–

Histórico:

Conflitos internos:

Conflitos externos:

———————————————

Notas:

Voilá!

ATENÇÃO: Procurem fotos de artistas que sejam ‘parecidos’ fisicamente com o seu personagem. AJUDA PACAS a visualizar maneira de ser, sorriso, diálogos e tudo o que você pode imaginar. Isso não é copiar, é facilitar o jogo. Só para ter uma ideia. Quando a coisa é real, normalmente é mais fácil visualizá-la.